MATÉRIAS RELACIONADAS




Os vinhos ideais para harmonizar com cada tipo de churrasco

Reprodução

Reprodução

PUBLICADO EM 22/01/2018

Em se tratando de vinho, há uma regra geral que vale ouro: vinho tinto combina com carne vermelha e vinho branco combina com carne branca, entretanto, as possibilidades de combinações são quase infinitas.

Picanha

Om corte mais amado pelos brasileiros é macio e suculento, além de contar com uma suculenta capa de gordura. Este corte nobre merece um bom vinho tinto para acompanhá-lo, como um Malbec.

Fraldinha e Maminha

Esses tipos de carnes são fibrosas, macias e com um pouco menos de gordura e, por isso, não exigem vinhos muito encorpados. Nesse caso, os rótulos elaborados com as uvas Merlot vão casar perfeitamente e acompanhá-las de uma maneira incrível.

Cupim

Para aqueles que gostam de abusar da maciez do Cupim, uma boa pedida é um Espumante Nature, que com certeza é ideal para ajudar em sua degustação. A acidez elevada vai ajudar a equilibrar a untuosidade da carne.

Costela

A costela bovina harmoniza muito bem com um vinho de corpo médio, como os feitos com a uva Syrah.

Contrafilé

Os cortes de contrafilé, como a ponta, bife de chorizo, bife ancho ou chuleta têm em comum a fibrosidade e a suculência. Todos são perfeitos para acompanhar um belo vinho elaborado com a casta Cabernet Franc.

Costela suína

Geralmente servida mais temperada com especiarias, a costela suína acompanha sempre um tinto com corpo médio e boa acidez.

Linguiça

A linguiça tem como caracteristca o sabor intenso, certa gordura e suculência. No ponto certo, a linguiça vai bem com um Espumante Rosé Brut.

Frango

Carne branca pede vinho aromático e com acidez equilibrada como os Sauvignon Blanc. Para acompanhar uma das preferências do churrasco brasileiro, o coração de frango, a dica é harmonizar com Pinot Noir.