MATÉRIAS RELACIONADAS




Escorpiões em casa? O que fazer?

Escorpiões foram achados em uma residência de FW, capturados e mortos pelos moradores

Escorpiões foram achados em uma residência de FW, capturados e mortos pelos moradores

PUBLICADO EM 07/02/2018

Em Frederico Westphalen, com a incidência do calor e das chuvas, são registradas várias ocorrências de aparições de escorpiões, resultando inclusive em picadas e hospitalizações. Como os escorpiões são noturnos, eles se escondem durante o dia, algumas vezes dentro de casa. Seus locais favoritos incluem closets, pilhas de roupa, sótãos, banheiros, armários de cozinha e outros espaços

Para evitar a presença de escorpiões

Mantenha a casa limpa: o acúmulo de sujeira, especialmente entulho, madeiras e outros objetos pode propiciar o surgimento de escorpiões. Como o escorpião se alimenta de barata, evitar o surgimento também ajuda a combater o aracnídeo.

Cuidados noturnos: como os escorpiões são animais com hábitos noturnos e que se movimentam com muita velocidade, podendo inclusive subir em paredes, é importante afastar as camas das paredes e não deixar objetos no chão, como sandálias e sapatos.

Isole os acessos à rede de esgoto: uma dica importante é que todos os acessos à rede de esgoto devem ser bloqueados, isso porque é por ali que eles, geralmente, sobem para os banheiros e outros acessos à casa.  

Não deixe buracos que liguem com a parte externa: Seja nas paredes, piso ou no teto, é interessante evitar buracos que possam facilitar a entrada de escorpiões.

O que fazer quando se encontrar com um escorpião?

Os escorpiões são animais peçonhentos, porém não atacam pessoas, a menos que seja como reação por se sentirem ameaçados. Então, o grande cuidado que temos que tomar é para não pisar acidentalmente ou mesmo tocar neles.

Sacudir camisas, calças e sapatos antes de usar ajuda a diminuir os riscos da picada e não se esqueça de sempre verificar a roupa de cama também.

Fui picado, e agora?

– Limpe o local da picada com água e sabão;
– Aplique compressa morna no local;
– Não amarre ou faça torniquete;
– Não corte, perfure ou queime o local da picada;
– Não aplique nenhum tipo de substância,
– Não faça uso de bebida alcoólica e
– vá para o hospital o mais rápido e, se possível, levar o escorpião para
identificação.

Como identificar o tipo de escorpião 

A melhor maneira de saber se o tipo de escorpião é muito venenoso é, se possível, capturar e levar o animal para ser identificado, no pronto-socorro. Existem cerca de 30 espécies de escorpião no Brasil, sendo que os mais perigosos são:

Escorpião Amarelo - apresenta coloração amarelo-claro, com manchas mais escuras no dorso e cauda, e mede até 7 cm de comprimento. É o escorpião mais perigoso, e sua picada causa dor e dormência, podendo levar a náuseas, vômitos, suor e arritmias, principalmente em crianças e idosos. 

Escorpião Marrom - tem coloração marrom-escuro ou marrom-avermelhado, com patas amarelas e manchadas, e mede cerca de 7 cm. É muito encontrado em regiões úmidas, e sua picada causa muita dor, dormência, náuseas e mal-estar.

Escorpião do Nordeste - possui uma coloração amarelada, com uma linha mais escura no centro, e um pequeno triângulo mais escuro em sua cabeça. Geralmente causa quadros leves, com dor e dormência no local da picada.

Escorpião preto da Amazônia - tem uma coloração escura, quase negra, e mede cerca de 8,5cm. Sua picada causa intensa dor e inflamação local, com sensação de ferroada e queimação, além de poder causar sintomas graves, como, arritmias, tonturas, falta de ar e sonolência.