MATÉRIAS RELACIONADAS




Espere, acredite, confie, a hora da colheita chegará!

Foto: reprodução internet

Foto: reprodução internet

PUBLICADO EM 31/08/2018

Um diálogo entre mestre e aprendiz chama atenção, o assunto em pauta é sobre decisões, universo e colheita. À primeira vista essas três temáticas parecem não ter ligação alguma, no entanto, ao final da conversa, tudo faz um sentido imenso.

O mestre disse ao aprendiz que não era hora de tomar decisões, mas sim, de solidificar as bases da vida, pois as flores estavam em botão, e botões não devem ser colhidos, mas sim, a flor desabrochada. O aprendiz então, cheio de dúvida, questionou o mestre sobre como ele saberia que havia chegado a hora da colheita e o mestre, prontamente respondeu que ele veria as coisas chegando, enviadas pelo universo, afinal, o que é da gente sempre encontra uma maneira de vir até nós.

Ao longo da vida, trabalhamos incessantemente na busca pela realização pessoal e profissional, almejamos o sucesso, a felicidade e a paz interior. Em meio a esse caminho de evolução e realização de sonhos, temos pressa em alcançar tudo com rapidez, mas nem sempre estamos prontos, muitas vezes não é o momento ideal e nem sempre a resposta é positiva. Fora que criamos, quase sempre, a dita expectativa.

Quando a pressa criar uma ânsia em nossa garganta, sufocante, e a ansiedade apertar o peito e o coração, lembremos do diálogo entre mestre e aprendiz, colher a flor desabrochada e não o botão; deixar o universo agir, confiar mais na vida. Faça esse exercício!

A propósito, a partir de agora serei eu, Vanessa Harlos, a responsável por dar vida a Revista Fred Magazine. E o Mário? Ele alçou um voo maior, afinal, passarinho é livre, quer e merece voar.

Vanessa Harlos

Editora